Acontece com os livros o mesmo que com os homens: Um pequeno grupo desempenha um grande papel (Voltaire)

quarta-feira, julho 23, 2008

História de Um Vinho Azedo (videoclip preview)


Finalmente, o videoclip de "História de Um Vinho Azedo", com o cunho do realizador Tiago Pereira

O desejado EP "História de Um Vinho Azedo" está, agora sim, uma vez concluídos os trabalhos de produção de brochura, videoclip e faixa interactiva que acompanharão o CD, prestes a ser reproduzido em fábrica. Para fãs e curiosos, os Baby Jane decidiram publicar na página MySpace e no blogue da banda o videoclip do single "História de Um Vinho Azedo" como preview, para aguçar o apetite...

Os Baby Jane não se cansam de agradecer a profunda colaboração artística do João Trigo, bem como o fantástico trabalho do realizador e videasta Tiago Pereira, do talentoso designer Michael Cavero de Carondelet e do duo dinâmico da Raio-X Carla Barroso e Vítor Palma Santos na feitura da faixa interactiva.

7 Comments:

Blogger Helena said...

Boa noite a toda a banda!

Desde já reforço que o que em seguida registo resulta da humilde opinião de quem, como eu, gosta muito da Vossa música mas é totalmente leiga em matéria de "análise" de clips e/ou de produção de música. Assim, ciente do meu atrevimento mas na expectativa de que não levem a mal o porventura demasiado à vontade, aqui teço os seguintes comentários:
a) Acho muito interessante a sintonia existente entre o conteúdo principal da letra e o grosso das imagens escolhidas para o vídeoclip - concretamente as "Vindimas". Na verdade, faz-me sentido que falar da história do vinho implique relatar todo o percurso que vai desde a apanha das uvas até ao pisar das mesmas no lagar; ver desde as mulheres, passando pelos mais velhos até às crianças implicados nesse processo...
b) Porque se fala do vinho Verde e do Douro compreendo que as imagens escolhidas retratem a realidade minhota de Portugal (terras de pão e de vinho) - aldeias típicas daquela zona, a procissão passeando pelas ruas destas, as festas, o pão a entrar/sair do forno (o cozer da broa de milho e centeio), as vacas de raça minhota/galega, a ceifa do milho, os trajares da população, malhadores a malhar o milho,....
c)Considerando que a música também fala do vinho Dão (próprio da região centro de Portugal), da "história do Cristão e do Mouro"(a influência destes últimos atingiu o seu máximo no Algarve)e porque, efectivamente, a primeira vez que a ouvi ficara com a ideia de que pretendiam retratar todo o Portugal resta-me a dúvida do porquê de terem centrado o clip unicamente no norte do nosso país.
d) Achei excelente ideia os leves e breves apontamentos de banda desenhada, mesclados com as imagens reais.
e) Fico sem perceber bem o porquê do título "...vinho Azedo"... se o clip retrata pessoas alegres e muito bem dispostas? Só pode ser falta de sensibilidade minha para não estar a "apanhar" a Vossa ideia

Finalmente ("last but not least"), dou-Vos os meus sinceros Parabéns pelo trabalho desenvolvido!!

Um abraço,
Helena

5:10 da manhã

 
Blogger Arnaldo Lemos said...

Acho que está muito bom!
Abraço a todos...

2:32 da manhã

 
Blogger Claudia said...

Lindo!
Quando é que vimos o próximo video?
Um beijinho para a Banda mesmo se não conheço a maior parte...

10:15 da tarde

 
Blogger Ricardo said...

oi amiga, tudo bem? o próximo chegará a seu tempo, mas antes ainda havemos de nos encontrar e aí conheces o resto da banda, no concerto de apresentação da EP, que deve estar por aí a rebentar.
Beijokas...

11:40 da manhã

 
Blogger Zélia said...

Olá.
Estive a ver os elementos desta banda e acho que conheço um.
deixo bjinhos para todos.
(Sou a mãe dos gandaios)
Muitos exitos.
Zélia

9:15 da tarde

 
Blogger Ricardo said...

Bom Dia Zélia,
é verdade, pelo menos conhece um elemento dos Baby Jane, amigos dos seus "Gandaios".
Ainda que por outras andanças (bailaricos), tive o prazer de a conhecer.
Espero que esteja tudo bem.
Beijinho, e abraços aos "filhotes".
Ricardo Pinto

9:40 da manhã

 
Blogger Zélia said...

Boa tarde Ricardo
Agradeço muito a sua resposta.Ok, agora tenho a certeza que conhecia de facto um elemento.
O Ricardo, de quem particularmente gosto, pois de vez em quando deixa uma forcita no blog da minha norita.Um grande beijo e um obrigada par si.
Zélia

5:34 da tarde

 

Enviar um comentário

<< Home